10 de abril de 2013

adoro chegar a casa a esta hora vinda do hospital cheia de sono, fome, sede, xixi, cansaço, hoje nem sei se esteve chuva ou sol porque não vi a luz do dia!, tensão acumulada nos ombros mas com uma sensação espectacular muito maior que essas todas juntas:

  
[ Vá, não será só por isso. Ser uma pessoa remunerada também é bastante bom mas you've got the point !]

13 comentários:

Bernardo disse...

bonito post

mary disse...

és uma fonte de inspiração tu, é só o que te digo Cat!

Comida de conforto disse...

Lucky you :)

Cantinho da Bê disse...

Isso é tão bom querida Cat! Eu cá ando a trabalhar para criar um projecto que me faça sentir o mesmo :)

S* disse...

Bom, trabalhar com gosto é sempre muito melhor!

Mushroom disse...

:) Sabe mesmo bem não sabe?

p.s.: ri-me com a parte do xixi xD

...Ju... disse...

Sabe mesmo bem não sabe?!
Eu ontem cheguei a casa depois de 16h de trab e só queria banho e dormir... Mas quando me deitei só pensava isso mesmo: "Eu gosto mesmo disto."

D.Pereira disse...

custa, cansa mas dá goste e mas no fundo compensa

D.Pereira disse...

gosto*

caracois indomaveis disse...

Caminhar no que se gosta é meio caminho para a felicidade plena.

Jedi Master Atomic disse...

Sabes que isso do xixi resolve-se com casas de banho, certo? :P

Rita disse...

A sensação é-me ligeiramente familiar, ainda que noutro âmbito ;) Pensa que daqui a uns anos já podes mandar nos teus internos e nos outros médicos xD

Cat disse...

Bernardo, :)

mary, que exagero, querida! :X

Comida de conforto, I guess.. :)

Bê, eu seeeeei, tenho estado a par de tudo ! :D

S*, não imagino o que seja trabalhar sem gosto e ainda bem. Deve ser um sofrimento .

Mushroom, sim, muito! :D PS: porquê? xD

...Ju..., é como eu :) (também tenho daqueles dias em que venho stressada, irritada... mas na maioria, pende mais para o lado do bom). Ah, então sabes o que é o chamamento do sofá no fim de um dia de urgência. Quando me recosto quase me chegam as lágrimas aos olhos! :)

D.Pereira, sim :)

caracois indomaveis, felicidade plena acho que é uma coisa que não existe. E, por um lado, ainda bem. É uma busca constante.

Jedi Master Atomic, certo, por isso é que venho sempre com a pressa de chegar a casa. O meu carro ainda não dispõe dessa funcionalidade.

Rita, ah ah ah ! Não ambiciono mandar nos outros e muito menos nos internos. Sou ainda uma reles e ignóbil interna de primeiro ano ;)