8 de outubro de 2012

também temos de lhes reconhecer o valor de vez em quando.

Aprecio a simplicidade dos homens. A sério. Os homens são previsíveis e básicos, a maior parte das vezes. On, off, já está. Os homens quando dizem sim querem dizer sim e quando dizem não querem dizer não, não há cá grandes jogos do estou a dizer que não tenho nada mas se insistires mais um bocadinho, talvez te conte o verdadeiro grande drama interior que pr'aqui vai. Os homens se estão chateados parecem chateados. Se estão bem parecem bem. A sua imaginação não é fértil o suficiente para, perante a análise de uma coisinha inofensiva de nada, inventarem problemas que não existem, começarem a criar múltiplos cenários, a maioria deles trágicos. Se querem saber uma coisa, perguntam e pronto. Normalmente não mandam dar recadinhos, vão lá eles em vez de andarem a falar por trás das portas.

Não precisamos de ser super cuidadosas com a sua hipersensibilidade porque os homens não têm TPM. Se se chateiam com um amigo, confrontam-no, não o cumprimentam normalmente, para falar sobre ele mal vira as costas. Implicar por coisinhas sem jeito nenhum também não é uma coisa que, normalmente, os assista. Se vão viajar três dias, põem na mala três camisolas e um par de calças (sim, existem os metro mas isso é outro assunto) e isso é admirável.

Pela análise de mim própria e das outras mulheres - mas mais das outras, claro!, porque eu sou uma gaja espectacular! - concluo que ainda bem para nós que eles são assim. Para complicadas já chegamos bem.


[ Claro que tanta simplicidade teria de resultar no defeito extremameeeeente irritante de não serem multitasking. Mas proooonto!]

21 comentários:

Carolina disse...

Concordo plenamente. E é por isso que me dou melhor com rapazes: para complicada já chego eu!

Lady Me disse...

É mesmo verdade! Nem imagino como seria se fossem como nós. O mundo estava mesmo perdido! :)

Jedi Master Atomic disse...

Não tens que ser cuidadosa com a hipersensibilidade mas tens que ser cuidadosa para não ferir o ego masculino, porque se o fizeres ganhas um inimigo para a vida...lol

MaGu disse...

é verdade. eles são tão mais simples.

M.R disse...

São estas coisas que gosto neles.

S* disse...

É um facto, são mais directos e não ficam a remoer.

sibilunacrafts disse...

concordo. ;)

Cat disse...

Carolina, :)

Lady Me, era impossível, não existia mundo! *.*

Jedi Master Atomic, uuu-uuuh! x) Mas aposto que é mais difícil ferir o ego masculino do que o feminino. Ou vá, existe um menor número de temas susceptíveis de ferir o ego.

MaGu, aiii, deve ser simples existir assim ;P

M.R., e eu :)

S*, mesmo!

sibilunacrafts, ;)

Vans disse...

Tens toda a razão. Nós somos demasiado complexas e caimos no erro de exigir que eles tentem acompanhar a complexidade toda. É por eles serem tão simples que depois dizem que não nos percebem. O problema é que eles não estão dotados para ler-nos na entrelinhas :)

Sofia Fonte disse...

Ahaha, adorei!

Clairvoyant disse...

As mulheres são o que são e os homens também. Desculpem discordar, mas os homens não são assim tão básicos nem as mulheres tão sofisticadas. É uma análise simplista ver as coisas assim tão a preto e branco.

É verdade que os homens na maior parte dos casos são directos, e não simples ou simplórios como algumas mulheres os acusam de ser. E são-no porque é mais eficiente. Acho que é um instinto, fazer fogo em todas as direcções. Os homens pescam à rede e as mulheres à linha. Alguns...

Na realidade, hoje o homem sente que é mal visto e mal aceite pelas mulheres se for sensível. A única maneira de ter sucesso com as mulheres sendo assim, é já tendo namorada, de contrário desprezam-no ou consideram-no o amigo gay. Ou assim imaginam os homens. E isso leva a perder tempo, coisa que o homem não quer.

O homem tem tanto potencial para entender uma mulher nas entrelinhas como outra mulher tem. Socialmente não é obrigado a ter essa preparação, e por vezes até é afastado disso. A sociedade assim exige. Ser mulher não é fácil e ser homem também não o é.

No geral, complementa-mo-nos bem. O lado mais fantasioso da mulher com o lado mais prático do homem tendem a fazer uma boa equipa, se... o copo for visto como meio cheio. Quando não é... haja paciência.

Hermione disse...

completamente. e a eficácia que é quando precisam de comprar alguma coisa? 10 min e está feito ;p realmente, nós às vezes somos mesmo complicadinhas (nós não, as outras, nós somos perfects :)

margarida disse...

Eu já namorei com um rapaz que era mais mulher que eu e dá um trabalho que não desejo a ninguém. Juro, se eu fosse homem aguentava bem uma mulher, mas duas mulheres na minha relação, epá, não.
Abençoado o sexo oposto pelas suas diferenças.

Catarina disse...

Confesso que ás vezes gostava de ver as coisas com a mesma simplicidade do que eles. Uma coisa é certa, livrávamos-nos de muitas horas de stress desnecessário. :)
Mas depois ficávamos com saudades dos dramas que no fundo até gostamos !

Bid disse...

É tão bom ser homem! (Dito com aquela entoação do anúncio a pensos higiénicos)

Miú Segunda disse...

Se de prova precisássemos, bastava ouvi-los perguntar, quando estamos a amuar há três horas, depois de lhes termos dado montanhas gigantes de pistas sobre os nossos mais que válidos motivos: "Mas afinal o que é tu tens?"

EU SOU EU disse...

Com tanto elogio..claro que já se esperava ouvir no fim...a "boquinha" da praxe...ehheheh
Mas a simplicidade é uma das grandes caracteristicas do macho...

Cat disse...

Vans, e depois nós não percebemos como é que eles podem não perceber e é tudo uma grande confusão!

Sofia Fonte, ;)

Clairvoyant, simplórios? Não disse isso. Na minha terra simples e simplórios não são sinónimos. No fundo, acho que estamos os dois a dizer a mesma coisa. Mas eu descrevi os homens de forma elogiosa e não da forma depreciativa como me parece que interpretaste. Claro que descrever um grupo tão grande e vasto como "os homens" ou "as mulheres" é, logo à partida, uma grande injustiça. Como todas as generalizações, como dizer que todos os funcionários públicos são preguiçosos ou todos os políticos são corruptos (ah espera, esta é mesmo verídica!). Acho que no fim, é isso que interessa: formamos boas equipas :) *

Hermione, é impressionante. Precisam de uma camisa: entram numa loja, experimentam uma camisa, fica bem, compram. Não experimentam sete. E depois não ponderam correr mais três lojas para comparar!

margarida, aiii a sério? Não te invejo nada. Acho que só conheço 1 ou 2 rapazes assim. E não são nada aconselháveis para namorados!

Catarina, é bem verdade, acho que não suportaríamos uma vida sem dramas, por mais que nos queixemos x)

Bid, é tão bom ser homem, trouxe confetiiiis! Ah ah!

Miú Segunda, é mesmo, eles não apanham as pistas por mais que uma pessoa se esforce! *.*


EU SOU EU, claaaaro, ahah! Mas não é uma boca. É uma constatação ;)

Coquinhas disse...

ahahah, muito bem dito :) Também me parece que é melhor assim :P

Richter disse...

gostei muitooooooo Cat :D

Clairvoyant disse...

Cat, o teu texto não é depreciativo e eu reconheço-o. Das duas uma, ou foi de estar constantemente a levar com discursos feministas, ou da forma como me estava a sentir nesse dia e reagi de uma forma menos correcta. Mas ainda assim não deixei de ressalvar que algumas mulheres vêem os homens assim, e não todas, muito menos tu. Se alguma coisa, apreciei as notas de humor na análise ao género masculino e nas comparações feitas. Quando os homens e as mulheres são efectivamente amigos, é admirável o que conseguem. E eu cá sei o que tenho conseguido com a minha grande amiga, com quem casei e como nos temos ajudado a crescer mutuamente, e até nos rimos dos hábitos típicos dos homens e das mulheres. Somos géneros diferentes, e temos as nossas características gerais próprias. Dá para rir ou para chorar, consoante o carácter das personagens em cena.