26 de março de 2009


Há duas coisas pelas quais tenho desejos intensíssimos e com as quais sonho, no mínimo, uma vez por semana. São elas: sushi e um belo prato de caracóis. Para mim, sempre foi mais ou menos de senso comum que os caracóis só comem se no Verão. Mas... hibernam, escondem-se, têm uma organização super secreta que camufla a sua identidade de gastrópodes terrestres, no Inverno? Continuam no mesmo sítio mas ninguém quer andar de rabo à chuva a apanhá-los? Permanece um mistério. Para mim, pelo menos. Ainda por cima sabendo que existem estufas de caracóis.
Há umas semanas, de passagem por um dos sítios onde às vezes como uma pratada no Verão, vi que estava afixada a lista com os preços do pires e do prato. As minhas glândulas salivares ficaram supraestimuladas e eu, ansiosa, entrei e perguntei "têm caracóis?" quase com lagriminha ao canto do olho. A rapariga olhou-me como se lhe tivesse perguntado "tem cocó?" ou como se eu própria fosse um caracol gigante de óculos de sol. Ou qualquer outro género de coisa inesperada, descontextualizada e descabida. E lançou-me um "nãã-o..." com olhos de carneiro mal morto e com o subtexto de "claro que não, minha burra!". Esquecem-se do papel desde o Verão, ali afixado e enchem-me o coração e o estômago de falsas ilusões! (O que já agora é também bastante revelador da quantidade de vezes que devem limpar o vidro...). Devia processá-los! Depois disso, já vi outros quatro ou cinco sítios que descaradamente têm afixada uma folha A4 onde se lê: "Há caracóis!" que, para mim, representa uma notícia tão fantástica como "o bebé da Maria já nasceu". Ou vá, talvez melhor ainda. Notícia essa ilustrada por uma representação simbólica do bichinho, daquelas ao género do ClipArt. Claro que assumi que todos eles se tinham esquecido de tirar os papéis e resolvi não fazer novamente perguntas que aparentemente (para os outros) são bastante idiotas. Assim não pode ser notícia. Se o maldito papel passa lá todas as estações do ano, a amarelecer, como é que vou saber quando é que realmente "HÁ CARACÓIS!" ? É que eu preciso deles mal cheguem. O primeiro prato de caracóis do ano será meu! E, senhores das estufas, em vez de andarem aí a fabricar cremes anti-rugas com baba de caracol - que deve ser tão eficaz no tratamento das rugas como enfiar a cara sanita abaixo - façam-nos mas é chegar a mim, de preferência já cozinhados, antes do Verão!




4 comentários:

Rita M. disse...

Obrigada pelas tuas palavras!
Tenho de cuscar o teu blog todo também*

Joana disse...

CARACÓIS!
eu sou completamente doida por caracóis. já procuraste caracóis congelados? secalhar agora não há, mas já comprei. E sim, também acho que em vez de andarem a fazer creme de baba de caracol, melhor os cozinhassem! xD

Anita disse...

Eu tb sou amante de caracóis e tudo o que sei é que não se comem em mês com "r". O que quer dizer que podes comê-los de Maio a Agosto:) e isso são 4meses de caracoladas com os amigos:)Agora não me perguntes o pq disto ser assim... Sabedorias antigas... m provavelmente tem a ver c/alguma parte do ciclo de vida das ditas criaturas!:P

Sem Jeito disse...

nem acredito que alguem tem a mesma dúvida que eu!a GRANDE dúvida! mas porque raio não há caracóis o ano todo?????? ninguem nunca me conseguiu explicar. Os gajos devem hibernar, só pode!