17 de dezembro de 2012

et voilà, cá vou eu encaixotar tudo outraaaa vez!


Vou morar sozinha. Aluguei um estúdio muito fofinho, só para mim, no centro da cidade. Moro fora de casa dos pais desde os 18 mas sempre partilhei casa. Agora que eu e a minha roomate nos vamos separar - e está mesmo quase, shuinf! - porque ela vai tirar a especialidade para uma cidade e eu para outra, decidi que já sou crescidinha (*) e que como não tenho ninguém conhecido com quem morar, não me apetece morar com desconhecidos. Quero o meu espaço. E tenho dividido os meus dias entre 1. Estar entusiasmada com a ideia, altamente, sou super adulta e independente! e o 2. E quando chegar a casa vou falar com quem? E se estou em plena crise temperamento-hormonal? E se me tentam assaltar? E se há um sismo? Falta a luz? Há um vizinho exibicionista? Fico doente? Se é preciso pregar / consertar / fazer bricolage a qualquer coisa?



(*)  Quer dizer, tem dias!, muitas vezes penso que uma gravidez na minha idade ainda seria uma gravidez adolescente, que só estou legalmente habilitada a conduzir desde há menos de nada e que o ano de 2000 foi tipo anteontem

25 comentários:

Lani disse...

Boa sorte! :D *

GATA disse...

"2. E quando chegar a casa vou falar com quem?" Errr... eu falo comigo mesma, e grandes conversas intelectuais!

Para a tentativa de assalto e/ou vizinho exibicionista: gritar a plenos pulmões!
Se é preciso pregar / consertar / fazer bricolage a qualquer coisa?: chamas a GATA! :-)

PS: não aturo crises temperamento-hormonal nem evito sismos, sorry...

Marder disse...

Boa sorte querida. :)
Uma nova etapa quase a começar. Só tem de ser bom. :)

Ana 100 Sentidos disse...

Bem-vinda ao mundo dos adultos!
Vais ver que tem muito mais vantagens do que desvantagens. Pelo menos para mim, que nesta altura já tenho é dificuldade em imaginar-me a viver com alguém!

L. disse...

Ah! Eu ainda divido casa. É com pessoas conhecidas, o que melhora imenso a coisa. Quanto ao teu asterisco... penso exatamente o mesmo :)

Boas mudanças e que corra tudo lindamente! Em caso de emergência, chama os vizinhos! ;)

Jedi Master Atomic disse...

Se precisares de ajuda com bricolage fazes um post no blog a pedir ajudar e vais ver como aparece alguem...lol :P

mary disse...

Acho que tem os seus prós e contras Cat! Eu que morei sozinha este ano confesso que o mais díficil foi estar doente, ter que matar aranhas quando ela apareciam e a solidão de realmente cozinhar para um e não ter ninguém com quem falar quando chegava a casa. Por outro lado, às vezes o que me apetecia mesmo era estar sozinha, e tinha toda a liberdade de chegar em casa e andar nua se quisesse, cantar a plenos pulmões, deixar tudo desarrumado e só arrumar no fim de semana, fazer xixi com a porta aberta... Enfim, essas coisas ahah boa sorte honey :)

Mushroom disse...

Acho que fizeste bem em tomar essa decisão! :) Acredita que morar com pessoas desconhecidas pode ser bem chato. Eu moro sozinha já faz 8 meses e estou a adorar a experiência. É como a Mary diz, tem prós e contras mas vais ver que vais gostar do sabor da liberdade de ter um cantinho só teu! :)
Quanto às tuas preocupações, isso é agora, depois nem vais pensar mais nisso. ;)

Cat disse...

Lani, obrigado :)

GATA, tenho de experimentar os monólogos então! PS: Pronto, pronto, eu vou rever as atitudes a tomar em caso de sismo, okay? As crises hormonais vou ter de me safar sozinha, está visto!

Marder, obrigaaado :) *

Ana 100 Sentidos, pois, eu acho que depois de morar sozinha também me vai ser difícil voltar a querer partilhar casa (a não ser que seja enquanto casal).

L., se os vizinhos forem simpáticos!

Jedi Master Atomic, o maravilhoso mundo da internet! :P

mary, espero que os prós batam os contras então :)

Mushroom, a minha pior experiência de partilhar casa - ao contrário de tudo o que esperava - até foi com uma pessoa conhecida há uns anos. Com desconhecidos sempre correu tudo bem. Mas agora já não estava com vontade de arriscar outra vez.

Miss Pipeta disse...

Vais ver que é maravilhoso teres o teu espaço onde ninguém dá palpites e onde dormes/comes/acordas/limpas/(vives) à hora que querers, quando queres e como queres!

Jo disse...

Para isso tudo vai haver um vizinho giro nas horas (ou assim te desejo!!) ;)

...Ju... disse...

Como te entendo!
Estou farta de pó e caixotes e de arrumações!

Eu bem tentei dar o grito do Ipiranga e morar sozinha já agora... mas ia logo à falência, como pude comprovar e preciso de ir diminuindo o número de companhias em casa de forma gradual, por isso, ainda não é desta! :P

Teaser Flor disse...

Boa sorte com isso :)

*

miii disse...

Sempre que fazemos algo pela primeira vez, há sentimentos contraditórios como o medo e, por outro lado, o entusiasmo. Mas não te preocupes, vai correr tudo bem e isso só significa que estás a viver, realmente! (:

' disse...

Morei sozinha pela primeira vez quando o meu irmão esteve um ano e meio fora do país. É espectacular, mas nos dias mauus é um bocado solitário... Nada que Queen a altos berros não remedeie :) para além do mais tem a grande vantagem de que nesse dias podes sempre dizer àquela pessoa que ajuda a resolver as tuas neuras para aparecer, sem teres de te preocupar com as outras pessoas ;)

(Quanto ao silêncio que se faz... Para mim a solução era ligar a tv/rádio quando chegava a casa, só para ter barulho de funod :D)

Sapa Xixi disse...

Boa sorte e quando te apetecer falar nada que uma chamada não resolva. Não é a mesma coisa, mas ajuda!

S* disse...

Vais ver que vais amar... vai ser uma grande experiência!

Inês M disse...

Estou no quarto ano de faculdade e moro sozinha desde o primeiro. Na maior parte dos dias é muito bom. Boa sorte. :)

Cat disse...

Miss Pipeta, espero que sim! :)

...Ju..., oh fazes bem!, sempre poupas um bocado. E o AC é um óptimo ano para ainda partilhar casa. Aliás, se ela não se fosse embora não me importava nadinha de continuar a partilhar.

Teaser Flor, gracias :)

miii, é mesmo isso, é uma mistura e uma contradição de sentimentos. Penso que daqui a uns tempos já terei as ideias mais arrumadinhas.

', claro, sempre que quiser posso estar com pessoas, sem ser obrigado a conviver com pessoas dentro de casa se não me apetecer. Agora passo meses sem ligar a tv. Mas pressinto que vai passar a ser quase automático!

Sapa Xixi, e tenho os fins-de-semana para partilhar a minha casa solitária ;)

S*, I hope so!

Inês M, isso é que foi ser emancipada desde cedo :)

Hermione disse...

vais ver que vai ser bom. viver sozinha é um dos meus sonhos de vida (nem que seja só por uns meses) :) vai correr tudo bem, ano novo vida nova :)

Denise disse...

Vai correr tudo bem vais ver.
Durante a faculdade, já morei com outras pessoas e sozinha. E sem dúvida que gostei muito mais de morar sozinha nestes 3 últimos anos. Gostei tanto que agora me está a custar voltar para a casa dos pais.
Claro que também tinha os meus momentos maus, em que chegava a casa e não tinha ninguém para me consolar, mas sozinha também me conseguia acalmar.
E para quebrar o silêncio, sempre que estava em casa, tinha o computador ligado com música :)

bjinho

Minhoca disse...

E estou certa que vai tudo correr bem :) Muitas felicidades para essa tua nova etapa da tua vida.
Beijokas

Cat disse...

Hermione, por uns mesinhos antes do sonho final? ;)

Denise, eu normalmente já tenho sempre o portátil ligado com música, portanto não vai ser difícil ganhar o hábito. Espero gostar. Acho que vou :)

Minhoca, obrigado! :D

Raquel A. disse...

1. Entusiasma-te que já és uma mulher Cat Maria!;
2. Quando chegares a casa não vais querer falar nem ouvir ninguém depois de passares o dia a aturar pessoas a queixarem-se; Crise hormonal = caixa de chocolates! Resolvido; Frigideira ao pé da cama, just in case ; Não há sismos nesta terra. Os governantes é que fazem isto cair aos bocados; Velas cheirosas à mão; Vizinho exibicionista = Tv à borla! Ainda te divertes!; Se ficas doente, és médica.. duhhh; Bricolage? Não há nada que um homem faça, que as mulheres não consigam fazer e muito mais bonitinho e sem sujar; ;)

Bjinhos

Lady Me disse...

Vai correr tudo bem! Se te desenrascas com o bisturi, como não hás-de desenrascar-te com um martelo? :P

Cada vez anseio mais pela minha casinha, também. Mas sou muito mais medricas que tu :D

Boa sorte!