25 de agosto de 2011

Vamos ajudar o pequeno e doce Américo, um simples assalariado como nós, um irmão.



Américo Amorim, líder da corticeira Amorim e o homem mais rico de Portugal, revelou ao Jornal de Negócios que não deveria pagar um imposto especial só para grandes fortunas, uma vez que não é rico, mas antes um simples assalariado.



Vamos abrir uma conta para ajudar o Américo. Vamos tentar restituir-lhe o que lhe querem tirar - ladrões, gatunos, chupistas! - do pouco que lhe resta. Muitas pequenas contribuições farão uma grande diferença. Vamos mobilizar-nos e criar a maior corrente de solidariedade, caridade e altruísmo que Portugal já viu. 

Sê solidário! 
Hoje pelo Américo, amanhã por ti.


E se este olhar triste e perdido não mexe convosco, sois com certeza daquela espéciezinha de pessoas que não gosta de animais nem de bebés e que nem sequer chora com as novelas da TVI. Deveis ter uma pedra no mediastino médio no lugar do coração.

29 comentários:

Mushroom disse...

Ele não é rico e eu sou a Pocahontas! -.-'
E assim está o país, é só desgraçados!

м♥ disse...

tivesse ele tanta vergonha na cara como tem dinheiro e não diria uma coisa destas!

disse...

A sério, fiquei tão danada quando, em oposição aos franceses, surgem estas abéculas com estas delcarações. Uma vergonha.

*B* disse...

Conta comigo, querida!

Qual o NIB da conta? Para passar o dinheiro?!










[que grande besta!]

Dani disse...

Quanto ao facto de ele não querer contribuir com o imposto especial, não acho nada bem. Quando ao facto de ele dizer que se considera um trabalhador, uma coisa é certa: ele trabalha ao lado dos seus operários. Eu sou de Mozelos (onde fica a sede da Corticeira Amorim) e conheço várias pessoas que trabalham lá e que dizem que ele não tem qualquer problema em estar ao lado deles a trabalhar nas fábricas e se hoje tem a fortuna que tem, é graças ao trabalho de muitos anos. Mas, voltando ao início, isso não é razão para ele dizer que não deve pagar um imposto especial. Se todos recebessem o que ele recebe ao final de um mês, com certeza que o país não estaria no estado que está.

Cat disse...

Mushroom, aguardo então por uma foto tua de pena na cabeça ao lado dos pele-vermelha.

м♥, parece que a vergonha variou inversamente ao dinheiro.

Bê, isso é tão, sei lá... português? :|

*B*, vou já enviar-te mail com o NIB, querida. Vamos dar andamento a isto!

Dani, okay, isso é de louvar ter enriquecido à custa do seu trabalho e manter-se assim. Mas a questão não é, de todo, essa.

Rosa Cueca disse...

Estas pessoas fazem-me querer dizer nomes feios.

Jedi Master Atomic disse...

Ele se calhar não é rico. A empresa é que é :P

Dexter disse...

Pois tá claro, coitado do homem!! Então não sabes que a manutenção de um Jaguar e de uma casa no Vale do Lobo são coisas para custarem uma pipa de massa?

Assim não há condições!

S* disse...

Declarações patéticas, devia ter vergonha.

...Ju... disse...

se ele não é rico, eu quero não ser rica como ele e ter uma conta bancária como a dele!

teardrop disse...

Também gostava de ser uma "simples assalariada" como ele... De resto, nem me apetece fazer mais comentários. Quem paga é sempre o mesmo, né? O "verdadeiro" assalariado como nós!

Pepper disse...

ahaha não resisti a comentar.
Quando li no jornal que os magnatas franceses tinham tido a (boa) ideia de criar um imposto de modo a contribuir para o país, fiquei pasma. Ainda fui ao calendário ver se era 1 de Abril :p
Depois ouço nas notícias que este senhor recusaria fazer qualquer coisa do género.
Que dizer? Tio Patinhas, versão tuga, no seu melhor.

Ana Marta disse...

Quando for grande quero ser pobrezinha como ele --'

Lila* disse...

Ele goza com os pobres...a sério...!!!

Mary Jane disse...

Desviando um bocadinho o foco de uma questão que já está suficientemente debatida só me apraz dizer: caramba, com tanto estudo, andas a aprender uns palavrões novos e tudo. Mediastino médio, que bicho é esse?

morta de sono disse...

Eu fico triste é por ser só 3%.Com a fortuna deles bem que podia ser muito mais, mas coitadinhos... ricos? claro que não o são!

Irina disse...

Eu fiquei realmente ofendida quando ele disse q não era rico, era só trabalhador. Eu também trabalho e não tenho uma conta como a dele. Que ando a fazer de errado?

Cat disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cat disse...

Rosa Cueca, liberta isso tudo cá pra fora ;)

Jedi Master Atomic, deve ser isso, deve!

Dexter, ooh, agora quase me fizeste sair uma lagriminha. Como vai ser a vida do pobre coitado agora?!

S*, é que não tem mesmo um pingo!

...Ju..., eu também acho que conseguia viver bem com tal grau de pobreza. Não é o ideal, claro mas acho que dava assim pras coisas básicas.

teardrop, as always.. :|

Pepper, ele nem devia era cá mandar bitaites. Ora, a nós, aos pobres, alguém nos dá destaque em jornais quando discordamos com o aumento de impostos?

Ana Marta, e eu! Pick me, pick me!

Lila*, goza e goza à descarada.

Mary Jane, c'mon, isto aprende-se no primeiro ano da faculdade a Anatomia. É uma coisa super básica (género grande e pequena circulação, 'tás a ver? ;)). Mal de mim se só estivesse a descobrir agora xD Mediastino médio é uma das várias (mediastino anterior, mediastino posterior) divisões anatómicas do tórax e aquela onde se localiza o coração, digamos assim de forma simples ;) Mas, por exemplo, hoje descobri a proteína Niemann-Pick-like C1, isto sim, é um nome giro x)

morta de sono, é 3%? Não sabia ainda.

Irina, não trabalhas com cortiça, deve ser isso!

sweet_paranoya disse...

Pode ser trabalhador...mas como ele há muitos...só não há é muitas fortunas como a dele!! A mentalidade dos portugueses não muda e nós nunca mais saimos da cepa torta!!

http://culturasemcrise.blogspot.com

Duardinho disse...

O homem tem razão: ele não é rico...É milionário!
´
Já só falta dizer que está em carência económica como o outro do BPN...

José Piçarra disse...

Não estou inteiramente de acordo contigo, desta vez...

Vou fazer um post sobre isto. Acho que não consigo organizar tudo num comentário.

Cat disse...

sweet_paranoya, tristeza, pá.

Duardinho, é maaais do que rico ! --'

José Piçarra, já vou lá ler ;)

Eva Luna disse...

eu estou solidaria...

Filipa Arez disse...

lindo. e vergonhoso. enfim

menina disse...

Quando li o título pensei: Quem será o Américo? Coitadinho,deve ser alguém que está a precisar de ajuda.......


(a foto é mesmo a ideal,até parece que o Américo está a fazer beiço e a pedir ajuda)

Enfim...

Inês Gomes disse...

até me sinto mal em simplesmente comer e saber que há pessoas que passam por tantas privações e necessidades :x

http://thesweetandspiceblog.blogspot.com/

Mary disse...

Ah ah ah! Lindo! Adorei o tom irónico do texto!