23 de agosto de 2010

Teoria "não gosto de gajos giros".

É uma teoria da qual sou co-autora, juntamente com uma amiga e que enuncia a requintada e filosófica frase isso são gajos que dão demasiado trabalho a uma pessoa!, partindo da premissa que com giros nos referimos a tudo o que parece bom demais pro nosso bico. E até agora sei que, nas relações que tive, a coisa estava mais ou menos sob controlo. Existia ali uma espécie de justiça distributiva e tranquilizante, aaaaaaaaaaaahhhh (inspiração profunda seguida de expiração profunda e serena). De ambas as partes. Não que isso tenha evitado que eu fosse deixada (filho da puta!). Ou que fosse eu a deixar, de outras vezes. Mas sabia que aquilo não era areia demais para a minha camioneta. E que eu também não era excesso de areia para veículos alheios. Fazia portanto uma boa aplicação da teoria supracitada. 

Mas agora pronto, puf, kaput, ko e mais uma série de onomatopeias que representem a tragédia, o horror, o drama (palmas das mãos coladas às testas, se faz favor!). Imaginem como se sentiriam se o Johnny  (*) (o Deep, meus pequenos trolls, what else?) ou outro igualmente platónico e idealizável vos batesse à porta e vos dissesse És tudo o que eu sempre quis enquanto vos abraçava pela cintura e vos inclinava para trás num beijo que dura e dura e dura. E depois disso se ajoelhasse e vos perguntasse Fica comigo!, ficas?. Pronto, é assim que eu me sinto todos os dias. E se por um lado, é bom, é maravilhoso, é tum tum (coração a saltar do tórax) e me sinto a pairar, a levitar, por outro pode ser um bocadinho aflitivo. Porque não me consigo habituar à ideia. Estou sempre a duvidar da sorte que tenho, a pensar que os deuses devem estar loucos!. Sempre à espera do momento em que vou acordar, estremunhada na minha cama, e pensar Ando com uns sonhos estranhíssimos, tenho de deixar os estupefacientes que isto não faz bem nenhum à cabeça. 

Sim, venham-me cá com merdas que temos de ser confiantes, auto-estima nos píncaros porque somos muita boas, as melhores do mundo e quem não quiser, não quer, mais fica, que o mundo está cheio deles e eu cá quero que tudo se f*da. Pois, eu também já tive fases dessas. Mas agora passou-me num estalar de dedos e eu que me aguente.



(*) De salientar que o Johnny é impecável e vos dá todos os motivos para se sentirem seguras. Vocês é que não batem lá muito bem da cabeça.

32 comentários:

Mary Jane disse...

Este é um post daqueles que eu gosto: humor q.b. e um texto tão descritivo que tudo poderia passar-se connosco! Mas, perante o teu último parágrafo não há nada a dizer, apenas cabe reforçar o aguenta! E já agora, gosto deste teu estado e vou adorar ler os capítulos que se seguirem!

53r610 disse...

Também gosto muito deste teu estado, pode ser que essa pessoa pense exactamente o mesmo de ti e que a areia preencha os "camiões" de cada um de forma igual adequada e perfeitinha. :)

Rita disse...

Love is in the air tutututututu

♥ Guida disse...

Ó Cat, ranhosa ovelhinha: vamos cá ver uma coisa. Tu és linda! Por isso mereces alguém à altura e não algum ranhoso feioso com cara de rato e amor aos computadores ;)

Beijinho

Fresco_e_Fofo disse...

Vês, Mary Jane, porque é que aqui o avozinho acha que "as gajas de medicina pegam em qualquer merda de tema e escrevem uma obra d'arte"?

Eh pá, Cat, podes crer que se eu tivesse aqui um Nobel à mão, era para ti. E se eu um dia for famoso como o Johnny - porque giro já sou até mais do que ele lol - podes crer que nem te bato à porta. Arrombo-a e atiro-me a ti, como gato a bofe. Depois não te queixes de falta de ar, porque aqui o troglodita a beijar é mais forte do que uma "Vaporetta" de 1400W, potência mais do que suficiente para te virar do avesso. Até porque eu acredito, piamente, na tua beleza interior.
Da beleza exterior falamos noutra altura, porque a Fofa já se chegou ali à porta, com ar ameaçador e se não vou já jantar, ainda passo por baixo da mesa eheheheh.

Beijinho

Hermione disse...

babe, aproveita a sensação :D tu de certeza que também és uma grande quantidade de areia, por isso deixa-te levar... :)

Hermione disse...

a minha mãe era menina para concordar com vocês porque ela diz 'os namorados não se querem muito bonitos porque senão toda a gente os cobiça... até os gays!' LOL

Cat disse...

Mary Jane, és uma querida :)

53r610, pode ser que sim, meu bem :') <3

Rita, ... everywhere I look around!

Guida, ranhosa ovelhinha? Ahah, está bem! :P

Fresco_e_Fofo, vou levar todo o teu comentário como lisonjeador. Pode ser ? :P Beijinho

Hermione, a tua mãe é que sabe andar nisto! :P

m disse...

adoro vir aqui que não fazes ideia, o meu dia fica mais bonito, e eu riu-me um bocado. :D


beijinhos

m disse...

aw ^^ obrigada
beijinho

Nitinha disse...

Adorei, aproveita :)

Mysterious Girl disse...

Agora aguenta-te com o Deep =D
Aproveita pah!*

Zaahirah disse...

Oube lá, mas tu é gaija muit'a boua, táz a oubir? S'eu fosse gaijo tu ias ber! Num me escapabas!! xD

Cat disse...

m, obrigado eu :)

Nitinha, :)

Mysterious Girl, pois :D

Zaahirah, LOL e ias falar-me com esse sotaque à norte, carago?

Malinha viajante disse...

Pronto e mais uma vez a melhor palavra é esta: SÓ(S)CIA ;)
Há uns anos vivi um caso destes: imagina lá o gajo mais lindo e requisitado ter uma adoração especial por nós! (neste caso eu claro) eram só nervos, paranoías, nervos, paranóias...já disse nervos e tal? Pois...não sei como não me deu um ataquezinho. Bom ataque até deu, mas como não fui parar ao hospital eram só nervos (ai afinal disse nervos)
;)

Realmente os menos giros dão (muito)menos trabalho, mas o mais importante são serem giros aos nossos olhos...isso sim é que é lindo e do melhor.

ps- Amei aquela ideia da igualdade, acho que a segurança nesses casos é maior (a sentida, porque a vivida às vezes varia)

Ai que comment tão grande, que coisa a culpada és tu...tenho dito!

Suricat disse...

Cat ... depois desta tens que fazer a teoria do "elas gostam é dos cabrões"

Bem "dizido"!

Odalisca disse...

O Cat então e o Davidzinho?! hum? ai ai! :P

Odalisca disse...

*Oh

Menina do Chuveiro disse...

Xii, eu senti isso tudo há uns meses atrás.

Agora estou mais segura :)

Fresco_e_Fofo disse...

Catyzinha, não costumo repassar desafios, mas desta vez abri uma excepção.
Se tiveres pouco que fazer e te apeteça, podes ir lá buscá-lo.
Se não fores também não vem mal ao Mundo por causa disso lol.
Bjs.

ADEK disse...

OH, que bonitinha:P Rapariga: vais dominar o assunto, tenho a certeza:) Aproveita!*

Lady Me disse...

Minha Cat, simplesmente amei este texto, corridinho, descritivo, com humor! Mas só tenho uma coisa para te dizer, aguenta! É que se aguentares, ele fica, fica, fica, mais do que o beijo que dura, dura, dura. Um dia pensei que tinha alguém que era areia demais para o meu camião e ele ficou, ficou, ficou e ainda cá está. Aguenta, mulher, tu aguenta! ;)

Swadharma disse...

Em primeiro lugar a teoria supra citada parece-me coerente.
Em segundo lugar a reacção parece-me coerente.
Em terceiro lugar todo o post me parece coerente.
Em quarto lugar eu estar a enumerar os comentários não me parece coerente!

Whiskas *

S* disse...

Não é uma questão de dar trabalho... é porque realmente não me atrai a beleza perfeitinha e evidente. Gosto de ver, claro... mas para comer, prefiro outros pratos. :P

Cat disse...

Malinha viajante, e nervos tinhas? É que não chegaste a dizer se tinhas nervos ou não tinhas nervos! :P Aaaaaiii qu'isto é muito complicado pra cabeça duma pessoa! Eu é que adorei o teu comment :) *

Suricat, mas eu não sou das que gosta de cabrões, mesmo nada. Mas há muitas que sim, verdade.

Odalisca, o David qu'é que tem? Isso é outro assunto, tu não mistures! :P

Menina do Chuveiro, que sorte!

Fresco_e_Fofo, vou pensar no teu caso :P *

ADEK, hum hum!

Lady Me, e entretanto mudste de ideias ou pensas o mesmo?

Swadharma, ou seja, aqui tudo é coerente menos tu, meu whiskas :)

S*, também é uma boa tese, sim.

Lady Me disse...

Mudei de ideias porque me sinto muito mais segura, ele fez por isso. E agora sinto que está perfect pra mim. Confesso que de vez em quando ainda sinto ciúmes desnecessários, mas nada de importante :P

Rosa Cueca disse...

Eu era a que dizia "não quero nenhum namorado giro!". É só dores de cabeça...mas no fundo gostamos é da pessoa e isso compensa tudo.

Cat disse...

Lady Me, que bom, querida. Ainda há esperança pra mim então.

Rosa Cueca, oh, claro :)

DC disse...

Crazy little thing called love! :D

JB disse...

Oi Catzinha,
tas boa? as férias foram boas? Eu passei mais de um mês sem vir à net e só agora tive a ler isto...E gosto de ti, Cat, gosto da maneira como és...por mim, pegava na viatura e ia até tua casa, entrava pela já arrombada porta, expulsava o Fofo de lá e pedia-te pra ficares comigo...Ficavas? :D Não tenho o 'h' "que faz toda a diferença", mas felizmente também não sou giro, o que me dá algumas hipóteses...Agora é só dares o numero da porta, já que a morada já deste um dia noutro blog, à qual acrescentaste "que perigo!" dar a morada na net e eu achei piada...e pronto, já chega pra primeiro comentário "pós-ferias"...Vai escrevendo, Catzinha. Bjs

PS- já vi pés de ciganos com melhor aspecto...

Cat disse...

DC, /suspiro :P

JB, ooooh coração, 'tás de volta! Estiveste mesmo desaparecido. Estão a ser boas, óptimas, ainda tenho mais umas 2 ou 3 semanas. E as tuas? Ahahah, o "h" faz uma pequenina diferença mas quase nada. És engraçado, João! :D Só é pena não me permitires ler o teu blogue privado. Malvado!
PS - os meus pés são espectaculares, 'tá bem?

Kikas disse...

em primeiro lugar, há que referir que o que te deixou é mesmo um filho da puta. eras areia demais para a camioneta dele e por isso é que ele não aguentou! depois, tenho que referir que já fui fazer a minha investigação pessoal e que já sei de quem se trata (e isto sem te conhecer pessoalmente. PERIGOSO!).
agora já estou em condições de apreciar devidamente o post :p achei tão fofinho! jurooo :) estou para aqui a sorrir. que ver os outros apaixonados é bonito.
seja como for, isso que estás a sentir, sinto eu muitas vezes. não me refiro só em termos de beleza.. mas de certeza que já pensaste "com tantas que há por aí, e melhores, porque é que ele está comigo?". a resposta é simples.. porque gosta é de ti, tal e qual como tu és :D
portanto, por mais em baixo que fiques com estes pensamentos, a kikas quer é que sejam em pequenas quantidades! porque o amor faz bem :)