21 de junho de 2010

E encerra-se o ciclo.

Esta é a minha última semana de aulas. Da vida. Já passei, várias vezes, por muitos cinco minutos que me pareceram passar bem mais devagar que estes cinco anos.

Lembro-me tão nitidamente como se tivesse sido ontem, da noite em que saíram as colocações. 23h40, dia dezoito de Setembro. E de chorar que nem uma madalena por ter entrado em Lisboa e não em Coimbra (errr, longas histórias!). Tinha eu dezoito aninhos acabados de fazer e ainda usava risco ao meio. Lembro-me das matrículas e daquela espécie de coisa a que chamam, como é mesmo?, praxe. E lembro-me de atravessar pela primeira vez a porta verde escura e pesada em baixo das letras imponentes Faculdade de Medicina de Lisboa, cheia de orgulho a rebentar-me no peito. Orgulho que puf, se foi logo que foi um ar que lhe deu porque me fiz esperta rapidinho e cedo compreendi que aquela faculdade, de conceituado, só tem o nome. E lembro-me da lavagem cerebral que o director nos fez na recepção super elitista de boas-vindas, bem ao género Vocês são a nata da sociedade. Right. Sorte a minha que nem gosto de natas. E lembro-me de me perder a toda a hora naquele hospital tão grande e tão cor-de-burro-quando-foge, estranhamente construído em forma de H do qual agora conheço praticamente todos os recantos. Da primeira vez que entrei no espaço escuro e tristonho a que chamamos Sala de Alunos mas, que na verdade, é sala de alunos, de médicos, de doentes, de visitantes, de enfermeiros, de delegados de propaganda médica. E lembro-me do doente foragido da Psiquiatria que, logo na minha primeira semana lá, andava a correr nú pelo Hospital. E lembro-me do primeiro exame escrito, da primeira oral, dos laboratórios de Bioquímica, dos quatro volumes do Rouviére de Anatomia, das lâminas de Anatomia Patológica, da dissecção de um cérebro humano a Neuroanatomia, dos bancos giratórios da Microbiologia, dos modelos de rabinhos onde se treinava o toque rectal, em Introdução à Clínica, lembro-me do pesadelo de Farmacologia. Lembro-me de adorar o curso, lembro-me de odiar o curso, de amar, de odiar, de amar, de odiar, de amar, de odiar, lembro-me de pensar em desistir, de pensar mil vezes que não era capaz, de ter conseguido sempre. Lembro-me de, depois de ter começado a ter contacto com doentes, amar irreversivelmente. E do primeiro parto, da primeira história clínica, da primeira cirurgia, da primeira autópsia, das primeiras urgências e de, tantas e tantas vezes, desconfiar que aquele curso andava a destruir o fiozinho ténue que me unia à minha, já escassa, sanidade mental.


É ponto assente que o meu espírito académico tende para zero, que a faculdade não é o meu local favorito no mundo, que a maioria dos meus colegas de faculdade não fazem propriamente parte do meu círculo de amigos - por opção minha e sem a mínima penae que nem sequer primo pela assiduidade nas aulas teóricas. Portanto não se compreende esta nostalgia muita parva que me está a bater bem forte e que me faz relembrar todas estas coisas. Nostalgia de coisas das quais passei cinco anos a pensar Nunca mais vejo a hora de me livrar disto, porra!. E das quais agora - e apesar de saber que não vou ter saudades - já estou com saudades. Não se compreende

Sei que um dia - que se deseja breve! - quando reler isto, vou partir-me a rir e pensar Que estúpida!. E aí saberei que ainda sou quem era.

49 comentários:

Miss Murder disse...

Até eu fiquei nostalgica a ler...

Pensa que daqui para a frente só tende a melhorar ^^

Miss Kitty disse...

Que texto tão giro!:)

Provavelmente sentes saudades não dos locais e das pessoas mas sim do que está implícito na vida de estudante. ;)

**

Nokas* disse...

Encerra-se um ciclo mas começa outro que vai ser ainda melhor, de certeza. Revi-em no sentimento de nostalagia que dizes sentir. Quando acabei o meu curso, já lá vão dois anos, não senti de imediato, pensei "fogo quero arranjar emprego e ganhar o meu dinheiro". Agora é óbvio que sei ver as coisas boas de trabalhar mas tenho muitassss saudades da faculdade. Da boa vida. dos Amigos, das noitadas em casa das amigas. Oh se tenho saudades. Mas como dizes há ciclos que se fecham obrigatoriamente.

Bluebluesky disse...

parabéns por mais uma etapa concluída!!! Sorte e felicidades :)

sam disse...

tenho a certeza que vais ser uma óptima médica :)
uma etapa que acaba, uma nova que começa :)

Lia disse...

não se compreende mas é mesmo assim! eu só me senti arrebatada pelo meu curso no ultimo ano: o do contacto c os alunos, e por isso custa tanto qd acaba!

Carolina Tavares disse...

Primeiro quero dizer-lhe que achei o texto belíssimo, intenso e cheio de você.
Gostei disso: ¨Vocês são a nata da sociedade. Right. Sorte a minha que nem gosto de natas.¨
Imagino o quanto da sanidade mental deve mexer um curso de medicina, mas o quanto é necessário que isso seja mexido para nos tornar mais humanos ao lidar com nossos pacientes. E a prova disso é ¨Lembro-me de, depois de ter começado a ter contacto com doentes, amar irreversivelmente.¨
Também nas entrelinhas li uma ponta de crítica para o caos que impera dentro das instituições educacionais, hospitalares e de atendimento a saúde. Creio que seja uma questão que engloba diversos países.
Fico feliz Cat de você estar se formando e desejo-lhe sucesso profissional no sentido que construas um caminho que tenhas orgulho e que seus pacientes se sintam cuidados.
Olhe nos olhos e veja a dor de quem você cuida. Nunca se esqueças disso.
Com carinho Carolina.

Sergio Louro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hermione disse...

é sempre assim... estás tão crescida Dra. Cat :D

Jonny disse...

Se te lembras disso tudo, é porque tens mesmo boa memória Cat...lol, estás no curso certo...eu não me lembro de praticamente nada do 1º ano..Lembro-me das praxes, de preferir andar por lá sozinho a ter como amigos aquelas personagens típicas do curso de informática e pouco...Mas anima-te, Catzinha! Vais poder fazer tanta coisa agora: negligenciar pacientes sem receberes negativas, chegar atrasada sem que te marquem falta, ganhar montes de dinheiro para poderes voltar para casa dos teus pais, tanta coisa...agora é que podes ser o Martini branco da sociedade! Nem toda a gente gosta, mas que é bom é...(lol, sem querer mandar nenhuma indirecta..) Bj

53r610 disse...

Cat "a Médica" :') e eu que devia estar a trabalhar neste momento (para finalizar o meu ciclo também) e estou aqui a ler o teu texto brutal como desculpa para não fazer nada...está brutal, e vais ser uma médica brutal, já começas a ser! :D

Maria João disse...

Muitos parabéns! Costumo ler-te:) Vais ter saudades, disso tem a certeza. Agora, boa sorte para o futuro e que gostes cada vez mais daquilo que fazes, ou vais fazer:)
Bjinhos

Espada disse...

Daqui a um tempo vais ler este texto e vais concluir que os 5 (belos) anos que passaste na faculdade foram apenas uma pequena etapa naquele que foi o teu sonho de ser "Sr. Doutor Katkualquerkoisa"

Parabéns!!!

PS- Agora férias!!!!!! :D

a Gaja disse...

ás vezes tenho saudades do tempo na universidade...mas depois passa-me logo. É engraçado relembrar os bons momentos mas depois passamos para a fase seguinte...que se traduz em acabar a boa vida. Boa sorte!

Inact disse...

compreende-se sim e acredita que vais ter muitas saudades desses tempos que terminas agora, diz-te alguém que já teve essas mesmas sensações há 11 anos!

Pestinha disse...

Cat achei o texto fantástico, fico contente que tenhas terminado esta etapa... Eu ainda carrego a minha cruz à uns valentes anos (preguiça)!

Que corra tudo bem daqui para a frente e que sejas sinceramente a "NATA" da "NATA", da tua especialidade.

Kiss**

Jo disse...

falando apenas pelo que aconteceu comigo, duvido que te vas rir e pensar "que estupida!", mas sim vais olhar e pensar "é verdade...". pra mim foi mesmo um ciclo que se fechou, e quando acabei nem tive essa nostalgia q tas a ter agora! mas sem duvida nao é uma linha continua, é mm um ciclo q termina ali e a nao ser q continues a estudar, nunca mais nada é igual.. e so tens vontade de voltar atras e aproveitar todos os momentos em q pensaste "tou tao farta disto, nunca mais acaba!".. :/

*B* disse...

Fiquei com o coração apertadinho, apertadinho!

Vais ter saudades sim, garanto-te!

Parabéns, querida!

:)

Rita disse...

Foram tantos anos, é normal esse sentimentos. Porque no meio das coisas más que possam ter acontecido aconteceram outras tantas boas e que quererás recordar sempre.

Malinha viajante disse...

Ai que orgulho na minha querida, médica valhamedeus (lol)

ps- Senti o mesmo,ai que ricos tempos da faculdade oh oh...;)

Aproveita bem os últimos dias!
bj*

DC disse...

Parabéns Honey! :D

Duardinho disse...

Gostei muito do texto...
esses "pequenos" momentos vividos com intensidade, guarda-os numa prateleira da tua memória e verás, futuramente, quando os recordares, foram bons, únicos e especiais...

Agora, é o 1º dia do resto da tua vida!

MUITOS PARABENS !

Me disse...

Não gostas de natas mas serás com toda a certeza uma excelente médica! Sobretudo, por isso mesmo ;)

Muitos parabéns babe!

Bisouxxx

mbbl disse...

Parabéns Cat! Força neste novo ciclo que se vai iniciar! ;)

Madame Pirulitos disse...

Faz parte Catzinha, faz parte.
Também eu sentia isso tudo, mas no meu caso em relação à Faculdade de Psicologia de Coimbra e ao curso e aos colegas... mas no fim bate a nostalgia mesmo. Não há como evitar.

Estou muito orgulhosa de ti. A sério!

Mil vezes parabéns doutora.

Roxanne disse...

como eu te entendo!

...Ju... disse...

ai nao quero :S
nao quero que o proximo ano chegue e acabe a sentir me assim! :/

mas pro um lado e mto bom sinal mesmo!

bjinho*

hernameishistory disse...

Drª.Catarina ^^ mas que bem ....olha eu vou ainda iniciar o tal ciclo e mesmo assim consegui perfeitamente rever o que vou sentir (embora o curso vá ser o mesmo) quando acabar ...é assim mesmo, eu sei, tu sabes, mas tem de ser ;D Agora há de ser um inicio de outro ciclo, ainda melhor

Parabéns e Boa sorte Cat*

Izzie disse...

espero que o futuro te traga coisas ainda melhores, das quais te possas recordar com essa saudade uns anos mais tarde. dizem que agora é que começa a vida a sério. vidinha de estudante nem sempre é boa, mas dizem que é a melhor do mundo a ver vamos =) boa sorte

Anónimo disse...

Parabéns [:

Bel disse...

Eu só vou agora para o terceiro. Ainda faltam esses 4 aninhos...e odeio, amo, axo k não consigo aguentar o curso e que vou fazer dele a minha vida...tudo ao mesmo tempo! (é a parte da sanidade)
Ainda por cima, tendo em conta as minhas aulas todas obrigatórias que acabam as 19:30, ao isolamento que a ECSaude tem do resto da universidade e ao facto de estar numa cidade diferente da minha natal e nao ter amigos da minha cidade de origem lá, ou seja, ter praticamente so amigos de medicina...acho que quando chegar a esse ponto, vou chorar baba e ranho:P **

Beijinho* e boa sorte:D

Débora Orrico disse...

não vivi nada disso, nada. mas eu fiquei com saudades por ti, não é idiota? é que eu senti-me um bocadinho x)

tenho a dar-te os meus parabéns Dra. Cat :D (vá, só trato por Dra. desta vez, que até pareces velha pá xD)

Lua Escondida* disse...

Oh, que coisa mais gira e sentida!

Parabéns Dr.a Cat* [não sei se se pode dizer isto visto que ainda deves ter mais uns anos de estudo ou espécie de estudo pela frante!]

BEijinhooo*

Olhos Dourados disse...

Acreditas que ainda tenho saudades de andar na universidade?

Então e agora, vais para internato, ou já fizeste esse ano?

Kikas disse...

oh, rapariga, nem sei o que dizer :') e agora, o que vai ser de ti? :p conta-nos!

Cat disse...

Miss Murder, é, espero que sim :)

Miss Kitty, é isso! :)

Nokas*, não é que eu vá já ganhar dinheiro no próximo ano. Mas também esperava um sentimento muito mais desse género do que isto!

Bluebluesky, obrigado! :)

sam, que venha a nova então!

Lia, pois, parece que acontece o mesmo a toda a gente, afinal

Carolina Tavares, posso dizer que captaste completamente a essência do que quis dizer :)

Hermione, hampf, pois estou, não quero.

Jonny, eh pááá, tenho tanta coisa pra dizer acerca do teu comentário que nem sei por onde começar, até estou um bocado desnorteada x)

53r610, começo a ser ? Naaa. Só se for a tua, particular :)

Maria João, obrigado :) *

Espada, Katkualquerkoisa, ahah xD eu sei que o raciocionio lógico sera: agora férias. Mas é: agora exames --'

a Gaja, espero que me aconteça o memso então :)

Inact, :)

Pestinha, estás a ver se prolongas o ciclo, para não teres oportunidade de ter saudades, é? ;)

Jo, claro, eu sei que ainda vou ter muito de estudar. Aliás, se calhar mais do que estudei até aqui. Mas é tudo by myself. Aulinhas qu'é bom (xD) finito.

*B*, acredito, querida :) um beijinho

rita, sim, faz tudo parte, as coisas boas, as menos boas..

Malinha viajante, estou a aproveitar os últimos dias para faltar para poder organizar o estudo pros exames. Achas normal? x)

DC, :)

Duardinho, obrigado :) um beijinho*

Me, espero que sim, querida. Gosto de acreditar nisso.

mbbl, obrigado :)

Madame Pirulitos, obrigado querida!

Roxanne, :)

...Ju..., estás quase lá também!

hernameishistory, Catarina? Maaaau, mas quem é que disse que o meu nome é Catarina? :P

Izzie, desconfio que vou concordar que era a melhor do mundo quando conhecer outra completamente diferente.

Anónimo, obrigado :)

Bel, é o contrário de mim. Os meus amigos são quase todos não-de-medicina. Não estou a terminar o 6º, estou a terminar o 5º. Que, seja como for, é o último ano de aulas. Medo. Boa sorte pra ti :) *

Débora Orrico, tché, não me chames isso x)

Lua Escondida*, ah não digas que eu não gosto que me chamem Dra. Sim, ainda me falta muuuito.

Olhos Dourados, não, o próximo ano é o 6º ano, é estágio. No ano seguinte a esse é que é o internato ou ano comum :)

Kikas, agora vou estagiar o próximo ano todo, em parte incerta ainda :)

Joana disse...

O texto está tao querido :) a vida é assim, tu acabas as aulas, eu vou para a universidade :)
boa sorte, para esta nova etapa ;)*

Jedi Master Atomic disse...

Foi mais ou menos por essa linha de pensamento que passei. Tirando a parte do curso ser de informatica...lol

The Closet disse...

Antes demais parabens :) Esta fase é sempre muito esperada ao longo de qualquer curso por isso fico contente por ti por finalmente estar a chegar ao fim aquilo por que tanto lutaste. É inevitavel uma certa nostalgia, também a senti quando cheguei ao fim mas estava mais feliz por finalmente estar acabar. Agora que estou no estagio sinto uma pontinha de saudades mas nada de grave. Porque a vida é feita de fases e cada uma tem o seu sabor especial:)

__leaving_to_live__ disse...

Ciclo Ciclo mesmo só se encerra se estiveres a pensar ir pa Coimbra e ficares em Lisboa outra vez! :P

Para onde queres ir a seguir?

Beijinhos, bom estudo! .)

Anónimo disse...

Olá cat sem querer apanhei o teu blog miúda tu sabes escrever, fico enfeitiçada pelos teus textos, nunca fiz faculdade mas quase que senti este bittersweet moment que tu estás a descrever, vou continuar a seguir-te e espero encontrar-te um dia numa urgência qualquer porque infelizmente disso ninguem se livra.

C'est la vie disse...

Cat, espero encontrar-me num dilema em breve.
Este ano vou candidatar-me a Medicina (caso não sigas o meu blog) e ando com dúvidas quanto à minha primeira opção. FML ou FCML?

Peço-te a tua opinião. Ando a fazer uma espécie de "recolha" de informações para decidir.

Depois é rezar para que entre.

Cat disse...

Joana, também se está a encerrar um ciclo na tua vida então :)

Jedi, com umas ligeiras adaptações então :P *

The Closet, então pronto, também não há-de ser grave comigo.

__leaving_to_live__, ainda não sei, minha querida :) Eu gostava era de ser nómada. E tu, vais pros teus Algarves?

Anónimo (isto não é nome de gente :P ), muito obrigado pelo comentário, aqueceu-me o ego :) E bem vindo/a!

C'est la vie, vamos falar mais calmamente sobre isso por mail então, tá bem? Para eu poder dissertar sobre o tema.. envia-me um mail *

hernameishistory disse...

Não és Catarina? :O olha com essa agora é que me surpreendes-te, desde que te sigo que penso que o teu nome é Catarina, ou Cátia ...é Cátia?

Cat disse...

hernameishistory, ahah, sou Catarina. Só que como nunca disse isso em lado nenhum.. não sabia que era óbvio ;)

Vânia Pereira disse...

Eu ando em Farmácia, o pesadelo de farmacologia ahahah

Gostei do texto, tanta coisa que pensavas e sentias e que eu sinto agora : "Lembro-me de adorar o curso, lembro-me de odiar o curso, de amar, de odiar, de amar, de odiar, de amar, de odiar, lembro-me de pensar em desistir, de pensar mil vezes que não era capaz, de ter conseguido sempre."


E agora, em vez de tar a estudar para os exames tou aqui a ler :S aiai

beijinhos

"AnD'z" disse...

bem eu que ainda vou 'um ciclo' antes de ti, assustei-me mas ao mesmo tempo imaginei-me ... (pronto, quero ver se consigo entrar aí, em Medicina). Mas desculpa a invasão e boa sorte para o futuro, senhô'doutora :p

Manuel Ribeiro disse...

Então e nata que não escolhe medicina nem nem medicina na universidade de Lisboa? Partir do princípio que todos os melhores alunos estão em medicina é algo redutor.

Mas compreende-se essa sobranceirice.

Ana Filipa disse...

Foi um caminho longo este que acabaste de percorrer, cheio de sonhos, anseios, noites mal dormidas e muita muita espectativa. Deste lado de cá, em que o Rouviére ainda é dos meus melhores amigos e o estetoscopio de um cor-de-rosinha do mais maricas que há, é giro contactar que me revejo ja num pouco do que dizes. De facto poucas coisas causam tanto temor e simultaneamente tanto orgulho como passar pela primeira vez aquela porta e depararmo-nos com a maior quantidade de batas brancas que alguma vez vimos. Mas deixaste-me tambem ansiosa pelo que ainda tenho pela frente e, se é que tal é possivel, quase com saudades do que ainda nem vivi.
Muita muita sorte, Cat! :)
Beijinhos