18 de março de 2010

Eu até que a compreendo.

Diálogo com uma doente psiquiátrica.

- Ultimamente, tem notado os olhos amarelos? [Seguindo a pista de uma icterícia!]
- Acha que consigo ver os meus próprios olhos? [Faz um ar de Duuuh!]
- [ Sorrio.] Quando se vê ao espelho...
- Quando olho para o espelho não sou eu que estou lá, é sempre outra pessoa.



36 comentários:

TM disse...

E quando é que é ela que lá está?
LOL...

Me disse...

:D

Me disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Me disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cinderela disse...

Já o Freud dizia: A diferança entre o normal e o patológico não se mede pela qualidade, mas pela quantidade. ***

S* disse...

Oh valha-me Deus...

Jonny disse...

Lol, muito bom, Catzinha...Fazes com cada pergunta...Devias fazer perguntas normais, tipo: "A pessoa que costuma aparecer no espelho, quando você está à frente dele, tem aparecido com os olhos amarelos?" Bj

PS-isto faz-me lembrar algumas coisas que digo quando estou com os copos..

sibilunacrafts disse...

e quem é que não se sente assim tantas vezes?... :/

♥ Guida disse...

Subscrevo completamente o que o Jonny disse!

Beijinho

Lady Me disse...

LOL
Eu acho que só por não te teres rido, és grande!

Fresco_e_Fofo disse...

Já ouvi dizer que para internar todos os malucos de Lisboa, tinha de ser construída uma muralha à volta da cidade.

~ rita disse...

Consegues não te rir? xD

Lia disse...

pobre senhora.... dá vontade de rir, mas no fundo é triste, né?

Olhos Dourados disse...

LOL, pergunta.lhe se a gaja que aparece no espelho tem olhos amarelos.

Cat disse...

TM, não sei, não aprofundei a esse ponto.. :P

Me, :)

Cinderela, bem dito! :)

S*, oh, pq?

Jonny, AH CLARO! É que devia logo ter-me passado isso pela cabeça. Shame on me! xD

sibilunacrafts, eu sinto assim muitas vezes.

Guida, :)

Lady Me, xD

Fresco_e_Fofo, são os loucos de Lisboooooa! La la la la la la laaaa!

~rita, SIM!

Lia, na altura dá um bocadinho vontade de rir, sim. Mas é mais um sorriso maternal :)

Olhos Dourados, :)

Dexter disse...

Às vezes até pode dar jeito, sempre se tem alguém com quem conversar.

Agora mais a sério, trabalhar com doentes psiquiátricos deve ser algo perturbador, não? Não sei se tinha estômago para isso...

Cat disse...

Dexter, sabes que eu sou suspeita. Adoro. Mas prefiro os doentes psiquiátricos na psiquiatria. Esta senhora tornou-se um bocadinho dificil porque estava internada na Medicina Interna, por outro problema de saúde que não o psiquiátrico.. E torna-se um bocadinho dificil, às vezes, recolher os dados e fazer uma história credível.

malinha viajante disse...

Acho que essa é uma das áreas mais interessantes não? ;)
bjs

Cat disse...

malinha viajante, mil vezes SIM! :)

Miss Kitty disse...

LOL!

Grande experiência...

**

Pinkk Candy disse...

mete um pouco de medo!

xoxo

Dexter disse...

Pois. Eu posso estar errado, porque uma pessoa que não está por dentro da área normalmente só diz asneiradas quando tenta discorrer sobre o assunto, mas na psiquiatria às vezes não tendes a já duvidar do que é real ou não? Digo isto porque tenho um amigo médico que trabalha precisamente nesse área, e diz que há dias em que vem completamente baralhado para casa.

*C*inderela disse...

LOLOL. Haja paciência :P

Bjokas****

Jonny disse...

Aproveitando que falas nisto, Catzinha, tenho uma amiga que está em enfermagem e um dos estágios que fez foi num hospital psiquiátrico. E foi de longe o estágio que mais a marcou, em todos os aspectos. Tal como o Dexter falou (mais ou menos..), também ela ia dando em maluca. Passou um mau bocado (pela maneira como aquilo mexe com a cabeça de uma pessoa), mas ganhou um grande carinho pelos doentes de lá. São pessoas muito diferentes e especiais e eu adorava poder fazer o mesmo só pelo aspecto psicológico "da coisa"...Bj

ADEK disse...

Mas tu vês doentes??? Fogo...A nossa Psiquiatria II não foi assim:S

*B* disse...

Ai, adorava trabalhar com doentes psiquiátricos!

Madame Pirulitos disse...

Ui... se soubesses tudo o que tenho para contar das aulas de psiquiatria no meu 2º ano!

Madame Pirulitos disse...

A resposta do Jonny está excelente. Saberá ele que era assim que o Ericson, pai da hipnose, ensinava a falar com os doentes??

Excelente, excelente resposta!

Madame Pirulitos disse...

E ainda mais uma coisa...
Hoje fui à esteticista tirar os pelinos a mais que estavam a nascer na minha cara.
Sinceramente estes primeiros 15 dias de Vicente têm sido obra. Também andava a olhar para o espelho e a achar que não era eu que estava lá, do outro lado!

Hermione disse...

eu uma vez fui à ala psiquiátrica dos HUC, fomos assistir a varias conversas entre o psiquiatra e os doentes e é qualquer coisa de surreal lol

s disse...

Engraçado, que quando li isto, achei piada à parte dos olhos, mas, quanto à do espelho, segui a resposta filosoficamente e não à letra x)
Muito a sério, psiquiatria fascina-me :x

Cats disse...

Não sei o que hei-de dizer, mas adorei o post.

Menina do Mar disse...

LOOL fez-me lembrar um doente meu de psiquiatria:
Eu - Então hoje está sol ou chuva?
Ele - Chuva! (estava sol)
Eu - Então e é dia ou noite?
Ele - Noite! (era dia)

ou quando perguntei: Que dia é hoje?
Ele - 2, 3, 4 amarelo, pão, passarinho!!

Cada um tem a sua perspectiva... lol

Rita Moura disse...

Parece-me que a senhora não está assim tão doente ; ) ***

Kikas disse...

eu dizia-te logo 'olha, está no espelho quem quer e quando quer e tu não tens nada a ver com isso' xD
a falar mais a sério.. vi em que condições se encontrava a paciente e deve mesmo ser complicado :x mas tu consegues :)

Cat disse...

Miss Kitty, são todas :)

Pinkk Candy, não :)

Dexter, sim, é isso. Mas isso não é mau. Ou é?

*C*inderela, isso há, muita.

Jonny, é compreensível. Tem de se "descer" (não é de todo a palavra que quero usar) ao nível cognitivo-psicológico dos doentes. Compreendo muito bem esse "carinho" de que falas. Especialmente por estes doentes psiquiátricos!

ADEK, foi na Medicina II, querida. Mas, por acaso, a senhora também era doente psiquiátrica.

*B*, :)Madame Pirulitos, ahah, acredito. Disto, sabes e viste mil vezes mais do que eu.

Madame Pirulitos, ahah, acredito bem. Disto, sabes e viste mil vezes mais do que eu.

Hermione, surreal é uma boa palavra ;)

s, também a mim me fascina. Tanto!

Cats, :)

Menina do Mar, exacto :)

Rita Moura, depende da prspectiva, diria eu.

Kikas, :)