7 de maio de 2009

Ciúmes


Vive-se mal com eles mas é impossível viver sem eles.
(é esta a minha teoria!)

Sou ciumenta, assumo. E não acredito nas pessoas que têm relações longas, estão apaixonadas e dizem não ter ciúmes. Não me venham com merdas! De zero a dez numa escala de ciúmes, auto avaliar-me-ia com um sete. Detesto ter ciúmes, é das sensações mais ingratas e terriveís. Quase nunca são dirigidos a alguém ou a alguma situação particular porque, felizmente não tenho motivos...mas é aquela sensação de insegurança desconfortável. Que rói, mói, dói. Tenho cá para mim que a ciumeira depende muito de nós e nem tanto da outra pessoa. Ora vejamos: o meu namorado é um doce, dá-me todas as provas e todos os motivos para não ter ciúmes mas, ainda assim, não consigo deixar de me levar pela minha imaginação fértil fértil... (Também tenho uma bela de uma bagagem emocional, diga-se de passagem, que bem tem culpa de eu ser assim!).

Quando saímos um sem o outro, fico a pensar que ele, depois de já ter bebido uns copos a mais, vai ser seduzido por uma loira porca e mamalhuda, com uma tatuagem pirosa no rabo, vai acordar numa cama desconhecida e nunca vai ter coragem de me contar. Ou que quando sai só com rapazes lhe vão dizer "não sejas parvo, diverte-te só esta noite, nó
s não contamos a ninguém, olha aquela miúda ali a fisgar-te!". Ou que, por acaso, se vai cruzar na rua com uma rapariga de quem já tenha gostado e que entao como é que estás?, tenho-me lembrado de ti!, eu já não ando com o Zé Manel das Couves, vamos ali beber um cafézinho? e pronto, fica ali tudo arranjado. Ou que, à filme, vai chocar com uma miúda linda de morrer, morena, de olhos verdes e que o amor acontece. E quando, momentaneamente, dou descanso à mente e penso que isso não vai acontecer, fico a saber que aquele casal ai tão lindo que vão ficar juntos para sempre, acabou porque ele traiu a namorada, tão querida, com uma ordinareca qualquer que já dormiu com metade da cidade. Ele dá-me absolutamente ZERO motivos para isto. Mas não consigo não me levar por estas coisas. Não gosto de cenas, não faço cenas. Fico um bocadinho amuada, vá, uma ou duas horas, a ver se ele percebe... (muitas vezes não percebe!). Incha-desincha-e-passa. É uma sorte ele não ser menos ciumento do que eu porque assim compreendemo-nos um ao outro. Vá, tem dias. Compreendemos sempre pior quando é o outro a ter ciúmes.

O que eu sei é que, pior do que ter ciúmes, é não ter ciúmes. É sentir que a outra pessoa não quer saber, está completamente desinteressada. Não tem o medo da perda. Já senti isso de outra pessoa, na fase final de uma re
lação (bem bem final...) e foi estranho, muito estranho. Deixou de se preocupar com coisas com que se preocupava antes; deixou de querer ir comigo a sítios onde, anteriormente, ficava inseguro se eu fosse sozinha; deixou de querer saber com quem ia beber café ou com quem tinha passado a tarde na conversa. C-a-g-o-u! E isso chateava-me bem mais do que ciúmes doentios.

1. Só se tem ciúmes quando se gosta muito.
2. Quando se gosta muito tem de existir confiança.
3. Eu tenho muita confiança.
4. Mas mesmo assim tenho muitos ciúmes patéticos.

É de mim que sou esquisita...ou somos todos assim?




35 comentários:

Hermione disse...

este post esta fantástico e concordo e identifico-me a 100% :)

Cat disse...

Hermione: obrigado :) beijinho *

♥ Guida disse...

Bem, eu não sou *muito* ciumenta. E não tenho ciúmes de outras moças porque acho que não tenho motivos para tal. Se calhar, hei-de passar por essa situação. Até agora não aconteceu!

Mas tenho ciúmes dos jogos de computador e de dois ou três amigos dele. Vá, ok, confesso que tenho uma pinguinha de ciúmes de uma ex-namorada dele. Que é simpática e essas coisas todas! Mas também é bonita e dá-se bem de mais com ele! Enfim, dou-me bem com ela mas é um olho no burro e outro no cigano!

Ah, resta referir que ele não sai à noite (detesta!), não bebe nem fuma. É um bicho estranho, mas é assim que eu gosto dele!


Beijinho

Cat disse...

Guida: não sair à noite nem beber já é um grande descanso ;) a falar desta maneira até parece que o meu namorado sai muito sozinho...lol não sai. saímos 95% das vezes juntos. O melhor é cultivar amizade (amizade, ahah!) com as amigas muito amigas e com as ex-namoradas que ainda se relacionem, vai por mim..! ;) Beijinho*

♥ Guida disse...

Não és nada chata! Comprei a forminha junto com outras no Intermarché, custaram 1€ e tal todas juntas! Mas és capaz de encontrar formas dessas no Continente ou outro supermercado qualquer na secção das coisas da escola, junto às plasticinas :P

E sim, eu acho que as ex dele são todas uns amores e dou-me bem com elas, à excepção de uma que me fez a vida negra. E nem é dessa que tenho ciúmes! E das amigas e das amigas muito amigas não tenho ciúmes.

Beijinho

Swadharma disse...

Em moderação, os ciúmes são aquela pitada de pimenta que torna um molho comum num afrodisiaco

ML disse...

Ai, os ciúmes, os ciúmes.

Às vezes fico possessa só porque uma gaja olhou demais para o meu M. Mas nesses casos, não posso dizer nada, porque ele não tem culpa!

(Olha, foto nova! :) Foi por causa da conversa de ontem?)

pedro disse...

olha eu nao tenho ciumes, o que tenho e o que peço em todos relacionamentos que tenho e a verdade e a sinceridade e isso basta me =)

Dexter disse...

Descansa Cat, somos todos assim. Pelo menos quando se gosta.

Subscrevo e assino por baixo o teu post.

Nii disse...

Achei imensa piada ao teu post Cat, porque me revejo muito nele. Namoro há 3 anos e também tenho um namorado que muitos poucos motivos me dá para ter ciúmes. Confio muito nele, mas ainda assim tenho ciúmes, claro. Mas quando se ama não se espera isso mesmo? Relacionamentos sem um pingo de ciúmes é que não é natural, pelo contrário, considero que n ter um pingo de ciúme numa relação é até mesmo motivo para preocupação... Quem ama tem medo de perder. Tenho dito !

Cat disse...

Swadharma: tens razão!

ML: ah, eu sou precisamente como tu, Já estava para mudar a foto mas ontem foste o incentivo ;)

pedro: acho que é uma qualidade viveres tranquilo "só" (só não claro!) como isso :)

Dexter: ainda bem que me compreendes :)

Nii: é isso mesmo. Há sempre aquele "bichinho" do medo se... o dificil para mim é encontrar um equilibrio saudável, para que os ciumes sejam só q.b.. beijinho, querida **

Patrícia disse...

"Vive-se mal com eles mas é impossível viver sem eles." - Está tudo dito! :)

Blog muito giro e interessante!

Beijinhos =]

Bafejada pelas Musas disse...

O problema actual da minha vida. Mas o meu caso é pior. Tenho ciúmes e não lhes posso dar largas porque ele não é meu namorado. Tipo fico irritada e eriçada só porque uma amiga comum fala com ele toda "molinha" e da beijinhos sempre que ele chega, porque uma gaja klkr esta no mesmo grupo que nós e algum amigo ja bêbado se poe a fazer filmes de juntanços entre Ele e a gaja, por ele pegar muito com esta ou com akela... Mas acho k é mesmo por ele não ser meu. senao acho que não ficava assim. Mas sim mais descansada... Não sei:P

Cat disse...

Patrícia: Bem-vinda e obrigado pelo comentário! =] Beijinho *

Befejada pelas Musas: essa situação é ainda pior do que ter ciúmes do namorado. Quando é de um namorado, sempre se está no direito, sempre se pode protestar, fazer ver que não se gosta desta ou daquela atitude, agora assim.. não deve ser nada fácil =/ Beijinho *

Fifi & L disse...

Somos assim..talvez nem todos o admitam mas acredito que somos... Eu namoro ha 13 anos (vou casar daqui a 2 meses e pouco) e continuo a ter uns ciumecos de vez em quando...faço os tais filmes como tu fazes e como dizes, ele também não me dá razões para isso!
Mentes ferteis é o que é...
Bjinhos**bom fim-de-semana!
^^fifi^^

Cat disse...

Fifi: 13 anos é obra, sim senhor! E uma pessoa pensa: bem, quando já andar com ele há mts mts anos, isto já me vai passar. Mas afinal, não ;)
Ferteis de mais até, não é? :) Beijinho e obrigado pelo comentário **

Sanxeri disse...

Tive uma relaçao de 3 anos sem nunca sentir uma pontinha de ciumes.

Na minha segunda relaçao, que durou um ano, todos os santos dias eu me roía de ciumes.

Depende da pessoa que esta ao nosso lado e da propria relaçao. SOU CIUMENTA.

Bafejada pelas Musas disse...

Pois assim é o terror! Temos mais é que engolir:S Mas como eu dificilmente esqueço, depois em conversa, como somos muito chegados, mando lhe as bocas. O que é que ele faz? Diverte-se a dizer que eu tenho ciumes e quando pode goza-me como fez ha uns tempo a falar de uma que eu já me tinha pronunciado a dizer "ah e tal eu devia era ter ficado com ela, era hoje k a ia comer, não sei kual o teu prob ca miuda" e sempre a topar a minha cara d f****a! Resumindo a provocar-me! Daí eu não os perceber lol***

Jojozinha disse...

eu, e acho q qualquer pessoa normal, tb tenho ciumes. mas calma, eu tenho mta confiança no meu namorado. e sei q ele nc iria pa cama c uma loira qualquer cheia de tatuagens, pelo contrario, dava lhe e uma ganda tampa. lol, posso tar a ser demasiado confiante, mas o meu namorado tb nc nc me deu motivos pa nao ter confiança nele... eu n sou cmo tu. eu tenho ciumes e de certas situaçoes concretas. por ex, s ele for sair c amigos e entre esses amigos tiver alguma rapariga q ja s tenha metido c ele, ou s for a algum sitiu c outra amiga, ou assim... mas tem q ser raparigas suspeitas... lol mas ele, ele é ciumento em td cmg... lol
mas relaçoes sao relaçoes! =)

Miss Mau Feitio disse...

Zé Manel das Couves lolol

Olha parece que fui eu que escrevi esse texto...eu tento, juro que tento, mas é muito dificil. Não consigo me controlar as vezes...

Blog do Óbvio disse...

Eu não sinto ciúmes. Dou liberdade total, contudo não descuido de continuar carinhoso e curioso por saber por onde andou. Sinto que se quizer trair são múltiplas as oportunidades. Depende dela. Se trair é porque não gosta o suficiente de mim. Então é melhor que aconteça agora. Se acontecer, no mesmo instante, se perde aquêle amorzão que dá até "friozinho" na barriga. Daí é melhor acabar tudo. Pra isso não tem perdão.
**Nada contra pessoas ciumentas. Eu entendo. Acho até que seja um pouco de insegurança. Se for preciso, ajudo a melhorar. Beijocas. Manoel Eduardo - Brasil.

S . disse...

Eu era assim... M-U-I-T-O! Nessa escala, diria 9! :S
E era terrível... doloroso... passava, mais vinha com frequência e deixava-me mesmo muito abalada. E parecia-me exactamente o que também referiste no teu post, que ele (o ex) parecia não sentir, não querer saber, senão dizer-me "não gosto de te ver assim, isso faz-te mal" ao que eu pensava e dizia mesmo "porra! e tu não sentes? nem um bocadinho??" - "não, não tenho razões para tal... o que não significa que não goste de ti." Ok, eu passava-me mesmo. Porque tal como tu acho que se gostamos, é perfeitamente natural ter ciúme(s) *saudavelmente* e ser mútuo...
Depois de acabarmos e de eu ter caído 'na real', percebi que tudo começou muito mal... foi muito de repente, sem dar tempo de colocar os tais alicerces de que uma relação séria realmente precisa; a tal base da amizade, confiança, sinceridade. Passar para algo (considerado) maior sem primeiro ter construído isto, não dá. Concluindo: hoje estou perfeitamente bem com isso. Continuo a ter ciúmes? Continuo. Mas ele também tem e temo-lo na quantidade q.b.. Brincamos com isso, partilhamos as observações "ah aquela rapariga, viste os olhos dela?! / ai aquele... que barbaa!" xD andamos quase sempre juntos e, quando não andamos, sinto-me segura e os ciúmes aí são substituídos pela preocupação de saber se ele está bem. :)

(sorry pelo testamento*)

beijo

Cat disse...

Jojozinha: eu tbm sei que ele nunca me faria isso, muito menos com uma loira porca que não faz nada o estilo dele :P mas eu é que começo a divagar e olha.. =/ se ele é ciumento em tudo, tens legitimidade para ser com algumas coisas ;)

Miss Mau Feitio: és como eu! e quando páro para pensar, percebo muitas vezes como estou a ser ridicula...

Blog do Óbvio: tens razão no que toca ao se for para acontece, que seja agora. No fundo, sempre que acontece, mais vale que seja o mais cedo possível para não andar a fazer castelos no ar.

S.: obrigado pelo comentário, não foi testamento, testamento é o meu post que aguentaste ler :) quando é mutuo, acaba sempre por ser q.b. quando um tem muuuito mais que o outro é que parece desiquilbrado, obssessivo de uma das partes. Por isso penso que diria que tbm o temos na quantidade q.b. Tens razão em relação ao sentir que o outro não tem ciúmes, é terrivel mesmo. e é sempre sinal de que algo mt estranho anda ali... =/ beijinho, volta sempre :)

mary disse...

acho que somos todos assim... porque quando se gosta cuida-se, e quando se cuida as vezes tem-se este excesso de cuidado, frequentemente chamado ciume, que se assemelha ao medo de perder a pessoa. se isso nao existe, pouco mais existe tambem. mas, claro, ate os ciumes tem de ser numa proporçao certa :P a confiança tambem faz parte. vá, digamos que fifty-fifty para confiança e ciume :P

Cat disse...

mary: 50/50 parece uma proporção tão boa. tão...equilibrada ;P lol

Lady me disse...

Também sou assim! Fico possessa se ele vai a algum lado sem mim! E apesar de saber que posso confiar nele, esses tais "filmes" não param de se criar na minha cabecinha! Faço cada filme, o pior é que eu transformo esses filmes em cenas reais, e coitadinho o que ele atura às vezes... Isto resultou em ele ficar à vontade pra também mostrar os seus ciúmesitos. Concordo plenamente, uma ralação séria sem ciúmes não é relação. Numa escala de o a 10 eu dou-me 9,7 =D eh eh eh

Maria disse...

Por acaso fiz um post também sobre isto..
Não sou ciumenta..Se bem que esse pensamento que tu referes, acho que é inevitável..

Nunca há 100% de seguranças..

beijinho.

Elle disse...

Gostei do texto, acho que todos temos ciumes, há é quem demonstre mais que outros. concordo que quando deixa de haver ciumes passa a haver indiferença.

Cat disse...

Lady: vê que para ele há sempre um lado positivo de 'aturar' os teus ciumes: tbm se sente à-vontade p/expressar os dele ;) 9,7 é admitir sem vergonha nenhuma :) beijinho *

Maria: vou ler o teu post sobre o tema :) pois, eu às xs nem lhe chamaria ciumes..são aqueles filmes, sem sentido... tenho de inventar uma nova palavra :) beijinho e obrigado pelo comentário!

Elle: obrigado pelo comentário :) beijinho **

Swadharma disse...

So um acrescento:
Eu gosto que ela (quando houver uma ela) tenha ciumezinho... é tão sexy quando ficam com aquele ciumezinho =P

Cat disse...

Swadharma: isso irrita-me, gostarem de me ver com ciumes, só p/gozar um bocadinho! =$ =P

Swadharma disse...

Não é gozar... é tão bom ver as vossas carinhas a fazer beicinho e depois dar-vos um miminho =)

Cat disse...

É, pois, tá bem =X LOL

Bridge To Solace disse...

Bem, no meio de tantas mulheres que admitem ter ciúmes...Eu posso dizer que a minha namorada não sente ciumes de mim! (pelo menos não o admite nem demonstra)
Diz que é porque eu lhe dou segurança e como tal não tem motivos para isso! (hmmm)

Admito que gostava de sentir mais vezes aquele "és meu" :/

e vir aqui no meio de tantas senhoras e ler as opiniões grrrrrrrrrr lol.

Enfim!

Cat disse...

BTS: ela deve ter e não gosta de dar parte fraca, ora! ;P